Suspeito de matar pai e filha de santo é preso


Por João Melo / 5 de dezembro de 2018

Um homem suspeito de matar o pai e a filha de santo Nilson Neres Moreira e Roquelina dos Santos Pereira foi preso na noite de segunda-feira, 3, após roubar um celular em Feira de Santana (a 109 quilômetros de Salvador). Os homicídios aconteceram no dia 27 de outubro, em São Gonçalo dos Campos, cidade vizinha a Feira.

Caíque Pinheiro Falcão confessou as mortes após os policiais mostrarem as imagens do sistema de segurança de um estabelecimento próximo à casa do religioso. Ainda segundo site, o suspeito foi flagrado quando seguia em direção à casa das vítimas durante a madrugada e, após duas horas, retorna usando um boné e uma mochila.

Durante o interrogatório, Caíque chegou a tentar negar o crime, mas, após ser contestado com as imagens, confessou o crime à polícia. O suspeito relatou que, após terminar o evento religioso, o pai de santo o teria convidou para a casa dele e feito uma proposta para que eles tivessem um relacionamento, mais Caíque recusou e pediu R$ 40 para que pudesse comprar drogas. A vítima negou o dinheiro.

Em seguida, o homem foi à cozinha e pegou uma faca e desferiu vários golpes no pescoço da vítima, que estava deitada e não teve chance de reagir, segundo o site local. Depois de matar o pai de santo, o agressor se dirigiu ao quarto onde estava Roquelina, esfaqueando a mulher no pescoço para não deixar testemunha.

Após matar as vítimas, ele tomou banho, já que estava ensanguentado, e revirou o guarda-roupa de Nilson procurando dinheiro. Como não encontrou, pegou frascos de perfume e produtos de pele e saiu da casa. Ele foi dormir na casa da mãe.

No dia seguinte, Caíque foi para Feira, onde vendeu os perfumes. Com o dinheiro, comprou drogas para usar. O suspeito teve a prisão preventiva decretada pelo crime de roubo.