‘Rezava o Pai Nosso e me obrigava a masturbá-lo’, diz vítima de João de Deus


Por João Melo / 12 de dezembro de 2018

Uma ex-guia da Casa Dom Inácio de Loyola, onde o médium João de Deus realiza seus atendimentos espirituais, relatou ter sido abusada quatro vezes pelo líder. A vítima, de 28 anos, diz que enquanto ele rezava a oração do Pai Nosso enquanto a fazia masturbá-lo.

“Pediu para me ajoelhar em frente a ele, começou a orar o Pai Nosso e colocou minha mão no pênis dele”, disse a mulher em entrevista ao jornal O Globo.