POBRE NÃO PODE MAIS TRABALHAR PARA PAGAR COMIDA E VIAGEM DE AVIÃO PARA CORRUPTOS


Por João Melo / 21 de abril de 2018

O vereador Edjaime Rosa (MDB), o Bibia, deixou algumas pessoas que estavam acompanhando a sessão da Câmara, em transe, ao comentar que o Jornal Nacional, dedicou 45 minutos para falar de corrupção, quando milhões de pais de família estão desempregados e passando fome. Destacou que existem milhares de pessoas sem o pão na mesa, enquanto o trabalhador acaba pagando as despesas dos presos de colarinho branco. Defendeu que estes presos trabalhem para se sustentar.  Que peguem na enxada em áreas isoladas para manter seus custos. Quer que seus bens sejam bloqueados e devolvidos a nação, para desenvolver emprego, saúde, segurança, educação e moradia.

Avaliou que não justifica o trabalhador arcar as despesas destes presos com vigilância caríssima da Polícia Federal, viajar de avião de cidade em cidade, de presídio em presídio, com o dinheiro do mais necessitado. “É que o trabalhador mais humilde que mais paga impostos neste país, inclusive ao comprar feijão, arroz, pão, leite etc. Não podemos concordar com isto”, desabafou. Seu pronunciamento arrancou aplausos, principalmente quando disse que “pobre está trabalhando para pagar comida e viagens de avião para políticos corruptos”.