Postado em: 14 de julho de 2010

Passaredo anuncia vôo direto Conquista/São Paulo

Repórter João Melo

Sampaio apresentando a equipe de Vitoria da Conquista

Na noite de terça-feira, (13) no Restaurante Bar Boca de Forno, na Avenida Ivo Freire Aguiar, 526, bairro Candeias, a Líder VDC Passaredo, promoveu um happy hour de lançamento de novos vôos de Vitória da Conquista para São Paulo e inicio das operações do novo Jato Embraer ERJ 145. Estiveram presentes praticamente todos os agentes de turismo da cidade e as novidades anunciadas foram motivo de muita comemoração por parte dos presentes.

                Alberes, Zé Maria e Sampaio

O agente de turismo José Maria Caires, que comanda o Movimento Conquista Pode Voar Mais Alto, anunciou que “o turismo de negócios só tem a ganhar com esta nova linha e a gente precisa agora incrementar o turismo de lazer, porque, querendo ou não, Vitória da Conquista é a porta de entrada do sudoeste da Bahia e Chapada Diamantina. Com este vôo regular direto, a gente pode muito bem vender a Chapada, Mucugê, Lençóis, Rio de Contas, Livramento e Anagé, começando por Conquista. Hoje este roteiro é feito via Salvador, passando pelo Paraguaçu que é muito mais longe, difícil e sem beleza”, comentou.

Hoje existem poucas capitais com vôos diretos para São Paulo. Agora com esta novidade, Vitória da Conquista ganha status de capital num vôo de 1h50min sem escala e sem conexão, com tarifa competitiva, às vezes mais barata que ônibus.

 

Albene Silveira

Albene Silveira da Travel Tour disse que havia uma carência muito grande de vôos diretos para São Paulo. “De agora em diante vai facilitar e baratear bastante o preço para o usuário. É um grande passo. A Passaredo está de parabéns. Acredito que brevemente conquistaremos novas linhas. A cidade consolida seu crescimento através desta investida da empresa aérea. Hoje atendemos mais de três milhões de pessoas e Vitória da Conquista é o centro de todas as cidades, como Guanambi, Itapetinga, Jequié, Brumado, Livramento, Bom Jesus da Lapa, Caetité e outras”, disse.

O administrador do aeroporto Otacílio de Figueiredo, Alberes Faria disse que a nova linha representa um incremento de mais de setenta por cento na oferta de cadeiras. “Os preços são convidativos. E o teremos o chamado bate e volta. O passageiro poderá voltar no mesmo vôo. Vitória da Conquista está de parabéns”, finalizou.

 

Cristhiane da Kana Chuê

Cristhiane Gomes da Kana Chuê, muito satisfeita disse que “este é o primeiro passo que a cidade dá para outra alavancada no seu progresso. Esta nova linha é de fundamental importância para o crescimento do turismo. Nossa luta agora passa a ser centralizada em cima do novo aeroporto. A Passaredo está de parabéns pelo avanço”. Finalizou.

 

Sampaio, Alberes e Keko

Ricardo Sampaio, gerente comercial anunciou que além da aeronave, a Passaredo investe na infraestrutura do Aeroporto Otacílio de Figueiredo, “mas quando tivermos definitivamente um novo aeroporto, todo mundo vai ganhar; a população e as companhias que vão explorar novos espaços”.

O gerente do departamento de marketing Keko Correia disse que as aeronaves que chegam a Vitória da Conquista representam investimento de R$ 90 milhões. Depois chegarão outras. “Na realidade a Passaredo sempre apostou em Vitória da Conquista, onde temos uma boa aceitação. A partir do dia 19, segunda-feira, estaremos com os novos vôos, mas desde já as vendas antecipadas superam as nossas expectativas”. Comemorou.

Deixe uma resposta