O ÚLTIMO CHORO DE UM CRIMINOSO


Por João Melo / 9 de janeiro de 2019

A VIOLÊNCIA não recua na Bahia. A população continua a mercê da insegurança. JOAB DOS SANTOS SILVA vulgo CHORÃO estava aterrorizando o povo de Brumado. Era um assalto atrás do outro, no Anel Viário daquela cidade.
A tropa de Elite da polícia militar, CAESG, fez patrulhamento tático e recebeu a informações de que este elemento que estava aprontando. Não dava paz a ninguém. Quando viu os homens da lei, Chorão fugiu.

Pulou vários muros em casas no mesmo quarteirão. Aí, cometeu o pior erro de sua vida. O criminoso resolveu cuspir balas em direção aos policiais. Houve reação e Joab foi alvejado. Socorrido ao hospital local, não resistiu e veio à óbito.