Mulheres usam “sacolas mágicas” para roubar estabelecimentos


Por João Melo / 10 de fevereiro de 2019

Duas jovens, identificadas como Ane Caroline Silva Santos, de 20 anos, e Vanessa Coelho dos Reis, 22, suspeitas de utilizar “sacolas mágicas” e imãs para desativar dispositivos anti-furtos, foram presas no bairro da Barra.

As bolsas femininas eram preparadas para passar pelos alarmes das lojas.As bolsas femininas eram preparadas para passar pelos alarmes das lojas.
De acordo com a Polícia Civil as acusadas já haviam furtado mais de R$ 300 reais em produtos de duas farmácias, na Rua Marques de Caravela, na Barra. Elas carregavam bolsas femininas, revestidas com papel e cobertas com fita adesiva, conhecidas como “sacolas mágicas”, que foram usadas para driblar as etiquetas de alarme eletrônico dos estabelecimentos.

A dupla foi abordada por uma guarnição da Polícia Militar, na saída de uma das lojas, quando polícia encontrou diversos frascos de protetor solar e multivitamínicos nas bolsas. Vanessa já responde a dois inquéritos policiais por furtos em supermercados, na região de Lauro de Freitas. As duas foram autuadas em flagrante e devem seguir para audiência de custódia.