Morre Demétrius, cantor que fez sucesso na Jovem Guarda


Por João Melo / 14 de março de 2019

Cantor e compositor que foi um dos ídolos da  Jovem Guarda, Demétrius morreu na segunda-feira (11), em São Paulo, em decorrência de uma infecção generalizada. Ele tinha 76 anos. Ele foi sepultado na quarta-feira

Demétrio Zahra Neto nasceu no Rio de Janeiro em 1942 e começou a carreira de músico em 1958, seguindo os passos de ídolos seus como Elvis Presley e Cauby Peixoto. Antes mesmo da explosão da Jovem Guarda, movimento musical surgido em 1965, no embalo da beatlemania, que lançou ao estrelato nomes como Roberto  Carlos, Demétrius consagrou um grande sucesso, em 1964: a balada romântica  O Ritmo da Chuva, versão em português para Rhythm of the Rain, gravada pelo grupo americano The Cascades em 1962.

Demétrius lançou sete discos de estúdio e compôs canções que fizeram sucesso na voz de outros artistas, incluindo o próprio Roberto Carlos, que gravou Preciso lhe Encontrar(1970). Na década de 1980, chegou a abandonar a carreira de músico, segundo disse à época, para se dedicar à família. “Não estava vendo meus filhos crescerem. Decidi não gravar mais, fui viajar com eles e tirei um ano sabático”, disse em entrevista ao jornal Folha de S. Paulo em 2008.

Depois disso, virou corretor imobiliário. Voltou a lançar um disco em 1999, seguido por duas coletâneas em 200o e 2001. Demétrius não seguiu o caminho de muitos de seus colegas que seguiram na ativa celebrando a Jovem Guarda.  Suas apresentações em público tornaram-se cada vez mais esporádicas.