DIAGNÓSTICO, DIFICULDADES E CURA


Por João Melo / 31 de outubro de 2018

DADOS oficiais do Instituto Nacional do Câncer apontar que o câncer de mama é o tipo que mais acomete mulheres em todo o mundo, mas quando descoberto no início, há 95% de probabilidade de recuperação total. Nesta quarta-feira, 31, o site conquista News recebeu a visita de uma senhora com 49 anos, que descobriu ser portadora da moléstia. Disse que sofre mais, na busca de medicamentos, do que com a doença propriamente dita. Aliás, conseguir qualquer medicamento mantido pelo governo, via DIRES, segundo queixas que chegam até nós, tem sido um calvário.