DESEMPREGO E DESESPERO EM CONQUISTA


Por João Melo / 9 de janeiro de 2019

A JUVENTUDE conquistense, principalmente, continua batendo perna e procurando uma oportunidade de trabalho no comércio da cidade. Aquela previsão de contratos temporários durante o final de ano não se confirmou. Tem gente entrando em depressão. Não é brincadeira.

Com contas pendentes, principalmente aluguel mega atrasado, uma mulher que passou de 8 às 13 horas, batendo de porta em porta e só ouvindo NÃO, tentou contra a própria vida, ingerindo barbitúricos em excesso. Foi salva por vizinhos que ouviram seus gritos lancinantes. Neste ano que se inicia, tem muita gente desemprega entrando no ciclo da esperança de dias melhores.

Não vamos divulgar nem o nome nem a foto da vítima. A senhora que aparece acima é outra mãe de família que procourou nossa reportagem.