COMPARSA DE NEM BOMBA MORRE DUELANDO COM A POLÍCIA EM CONQUISTA


Por João Melo / 12 de fevereiro de 2019

O ESPETÁCULO REPUGNANTE da violência que é desalentador em Vitória da Conquista passou por uma nova fase na noite de segunda-feira, quando José Raimundo Santos Sena vulgo ‘Zé Coquinho’ de 41 anos, entrou em confronto com a RONDESP e acabou morrendo. Os militares informaram que ele contribuiu de maneira decisiva para tornar a cidade num barril de pólvora.

Os militares estavam passando nas imediações da Travessa Edgar Celino, Alto Maron, quando perceberam movimentação esquisita e foram surpreendidos com disparos de arma de fogo. Houve confronto. Zé Coquinho foi baleado, foi socorrido e encaminhado para o Hospital de Base, chegando lá minutos após, o mesmo não resistindo veio a óbito.

Na delegacia ficou constatado que o mesmo já tinha diversas passagens pela polícia, inclusive é apontado em uma investigação como traficante comparsa de vulgo Nem bomba. No local, os militares apreenderam várias barras de maconha, além de uma pistola calibre 380 com munições deflagradas.