Quatro suspeitos de matar líder do MST são presos em Conquista


Por João Melo / 12 de julho de 2018

Quatro suspeitos de envolvimento na morte do líder regional do Movimento Sem Terra (MST), Fábio Santos, foram presos na cidade de Vitória da Conquista. A vítima foi assassinada com 15 tiros no dia 2 de abril de 2013, na frente da esposa e filha no município de Iguaí.

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública (SSP-BA), Délcio Nunes Santos, Arenaldo Novais da Silva conhecido como “Dena”, Márcio Fabiano da Cunha Borges e Neuton Muniz da Silva estavam foragidos e foram detidos durante a operação “Vaso de Salomão”.

Com os suspeitos, a polícia apreendeu revólveres, espingardas, um rifle e munições. Os quatro seguiram para o Conjunto Penal de Vitória da Conquista. Ouros dois envolvidos, Welder Leonardo Gusmão Amaral e Ricardo Neves de Oliveira, continuam foragidos e são procurados.